Concluída com sucesso a experiência no terreno do projeto “LIFE PAYT” em Aveiro

Terminou no dia 16 de novembro de 2020, com enorme sucesso, a experiência piloto na Urbanização da Forca-Vouga, com os contentores PAYT no terreno. Esta experiência, integrada no projeto LIFE PAYT, liderado pelo CERNAS – Escola Superior Agrária de Coimbra (ESAC), teve como objetivo testar um protótipo de contentor de superfície de uso coletivo, com controlo de acesso, para a deposição de resíduos urbanos indiferenciados. 
Os contentores PAYT estiveram operacionais no terreno entre os dias 15 de setembro e 16 de novembro de 2020. Os utilizadores domésticos e não-domésticos da área piloto, para abrirem o contentor e depositarem os seus resíduos, tinham de utilizar um cartão PAYT (Pay-As-You-Throw) com chip, que os identificava perante o sistema. Por cada abertura do contentor eram contabilizados 30 litros de resíduos urbanos indiferenciados produzidos (modelo PAYT por volume).
Durante este período (particularmente nos dias 8, 9 e 10 de outubro) foram desenvolvidas várias campanhas de sensibilização no Bairro, com o intuito de explicar o funcionamento dos contentores PAYT, recolher sugestões de melhoria e sensibilizar para os impactos dos resíduos no ambiente. Estas campanhas, desenvolvidas conjuntamente pela equipa do IPC e da Câmara Municipal de Aveiro, demonstraram um grande interesse no projeto LIFEPAYT por parte da população, tendo-se verificado que a grande maioria estava a utilizar corretamente os contentores.
O acompanhamento do projeto em Aveiro continuou ao longo do mês de outubro, e diariamente foi feita a monitorização dos equipamentos instalados de forma a identificar e corrigir rapidamente algum problema que surgisse. Cerca de um mês após a instalação dos novos contentores de resíduos PAYT no bairro da Forca-Vouga, a equipa do projeto LIFEPAYT fez um levantamento fotográfico da situação, tendo constatado uma grande adesão por parte dos moradores. Concretamente, 97,5% dos moradores do bairro aderiram ao cartão individual e passaram a colocar os seus sacos do lixo dentro dos novos contentores PAYT.
A experiência piloto no Bairro da Forca-Vouga chegou ao fim no dia 16 de novembro. Várias foram as lições tiradas desta experiência: ao nível técnico, permitiu perceber que o sistema de hardware/software desenvolvido necessita de ser melhorado, assim como o contentor protótipo que, apesar de ter sido melhorado ao longo da experiência, demonstrou algumas fragilidades; ao nível social, esta experiência permitiu constatar a importância de serem feitas campanhas de comunicação no terreno e que o contacto presencial é a melhor forma de sensibilizar a população.
Importa ainda referir que, apesar de ter terminado a fase experimental dos contentores no terreno, o Projeto LIFEPAYT em Aveiro não termina aqui. Segue-se agora a análise e avaliação dos dados provenientes dos resíduos depositados pelos moradores e comerciantes. Também as ações de compostagem doméstica continuarão a ser desenvolvidas no Bairro, como forma de diminuir a quantidade de resíduos colocados nos contentores dos indiferenciados, e uma campanha de caracterização de resíduos, feita ainda durante a fase de implementação do projeto, irá trazer dados relevantes sobre o impacto do projeto nos hábitos de separação dos moradores e comerciantes. Todos estes resultados, ainda por aferir, serão oportunamente divulgados no Website do projeto.

Secção: Null

Publicado: 14 de Dezembro de 2020 | 12:15h

Escola Superior Agrária de Coimbra