Candidaturas > Concursos Especiais > Provas de acesso >

Provas de acesso

A prova de ingresso específica destina-se a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior (CTeSP e licenciatura) por maiores de 23 anos que não possuam habilitação de acesso.

Para todos os cursos da ESAC (CTeSP e licenciatura), a prova de ingresso específica tem as seguintes características:


Referencial da prova
Conteúdos de Biologia do programa de Biologia e Geologia do 10º e 11º anos do ensino secundário.

Tipo de prova
Prova escrita com a duração de 2 horas [tolerância 30 minutos].

Estrutura da prova e cotação-tipo
A prova tem uma cotação total de 20 valores e é composta por 4 partes, cada uma com uma cotação de 5 valores:
• Parte A: 5 questões de resposta curta.
• Parte B: 10 questões de escolha múltipla e/ou correspondência.
• Parte C: 3 questões de resposta curta.
• Parte D: 1 questão de desenvolvimento.

Critérios gerais de classificação
A classificação a atribuir a cada resposta resulta da aplicação dos critérios de classificação. As respostas ilegíveis são classificadas com zero pontos. Em caso de omissão ou de engano na identificação de uma resposta, esta pode ser classificada se for possível identificar inequivocamente o item a que diz respeito. Se for apresentada mais do que uma resposta ao mesmo item, só é classificada a resposta que surgir em primeiro lugar.

Itens de seleção
A cotação total do item só é atribuída às respostas que apresentem de forma inequívoca a única opção correta.
São classificadas com zero pontos as respostas em que seja assinalada:
• uma opção incorreta;
• mais do que uma opção.
Não há lugar a classificações intermédias.

Itens de construção
Nos itens de resposta curta, a cotação do item só é atribuída às respostas totalmente corretas. Nos itens que envolvam a produção de um texto, a classificação das respostas tem em conta a organização dos conteúdos e a utilização de linguagem científica adequada. As respostas que não apresentem os termos ou expressões constantes dos critérios específicos de classificação são classificadas em igualdade de circunstâncias com aquelas que os apresentem, desde que o seu conteúdo seja cientificamente válido, adequado ao solicitado e enquadrado pelos documentos curriculares de referência. 

Item de Desenvolvimento
A classificação centra-se nos tópicos de referência, tendo em conta a organização dos conteúdos e a utilização de linguagem científica adequada.
São considerados para efeito de classificação apenas os tópicos que não apresentem elementos contraditórios.
A classificação a atribuir traduz a avaliação simultânea do desempenho no domínio específico da disciplina e no domínio da comunicação escrita em língua portuguesa. A avaliação do desempenho no domínio da comunicação escrita em língua portuguesa faz-se de acordo com os níveis a seguir descritos.
Níveis Descritores
3 Texto bem estruturado e linguisticamente correto, nos planos da sintaxe e da pontuação, ou com falhas esporádicas que não afetem a inteligibilidade do discurso.
2 Texto bem estruturado, mas com incorreções linguísticas que conduzam a alguma perda de inteligibilidade do discurso.
OU
Texto linguisticamente correto, mas com deficiências de estruturação que conduzam a alguma perda de inteligibilidade do discurso.
1 Texto com deficiências de estruturação e com incorreções linguísticas, embora globalmente inteligível.

Programa de biologia e geologia do 10º e do 11º anos

Exemplos de exames nacionais 

Prova do ano anterior:
• 2015