Cursos > Cursos Técnicos Superiores Profissionais > Defesa da Floresta >

Curso Técnico Superior Profissional em Defesa da Floresta

Escola Superior Agrária de Coimbra

Código DGES    
Duração          
Créditos ECTS     
Registo DGES
T292
4 semestres
120
R/Cr 374/2015 (04-09-2015) 


Área de educação e formação (CNAEF)       Comissão de curso                       
Comissão de estágio
623 - Silvicultura e Caça
Coordenador: Pedro Bingre  (bingre@esac.pt)
Docente: Maria Beatriz Machado Fidalgo
Docente: Pedro Manuel Reis Mendes Moreira
Aluna: Bárbara Amado Coimbra
Aluno: Tiago Miguel Claro Esteves
Coordenador: Raúl Salas Gonzalez
Docente: Luís Carlos Costa Coelho

Objetivos Gerais do Curso
Conceber e realizar o planeamento operacional e executar ações concretas no domínio da Defesa da Floresta, relacionadas com a prevenção, o combate e a mitigação de danos causados nos ecossistemas florestais e afins, por agentes bióticos e abióticos.

Atividades

  • Conceber, gerir e executar operações de silvicultura para a prevenção de agentes bióticos e abióticos.
  • Coordenar e executar ações de fogo técnico, ao abrigo do Despacho n.º 7511/2014.
  • Conceber, gerir e executar operações de manutenção de infra – estruturas de Defesa da Floresta Contra Incêndios (DFCI)
  • Gerir os diferentes instrumentos de comunicação normalmente associados à deteção e ao alerta de novos focos de incêndio.
  • Gerir as fontes de informação cartográfica/geográfica integrando os dados dos levantamentos para a produção da respetiva cartografia.
  • Coordenar operações de combate a incêndios nas suas diferentes fases incluindo a primeira intervenção, o combate alargado e o rescaldo.
  • Gerir a recuperação pós-fogo, incluindo a regeneração dos povoamentos florestais.
  • Coordenar a identificação dos principais agentes causais responsáveis pelos problemas sanitários das espécies florestais em Portugal.
  • Conceber, gerir e implementar ações destinadas à prevenção e ao combate a pragas e doenças florestais.
  • Conceber, gerir e executar ações de aplicação de fitofármacos, ao abrigo da Lei 26/2013.
Regime de Estudos           Plano de Estudos          
Horário diurno
Locais de Estágios

Acesso a um Nível de Estudos Superior
Licenciatura

Na Escola Superior Agrária de Coimbra: acesso direto dos diplomados, a uma candidatura para acesso às licenciaturas em Agricultura Biológica, Agro-Pecuária, Biotecnologia, Ciências Florestais e Recursos Naturais, Tecnologia Alimentar, Tecnologia e Gestão Ambiental

Plano de equivalências 

Condições de Acesso e Ingresso

Nos  termos  do  disposto  no  artigo  40º-E  do  Decreto-Lei  nº 74/2006,  de  24  de  março,  podem candidatar-se ao acesso aos CTeSP:  

  • Os titulares de um curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente;  
  • Os  que  tenham  sido  aprovados  nas  provas  especialmente  adequadas  destinadas  a  avaliar  a capacidade  para a  frequência  do ensino  superior  dos maiores  de 23 anos,  realizadas,  para  o curso  em  causa,  nos  termos  do Decreto-Lei  n.º 64/2006,  de  21  de  março,  alterado  pelos Decretos-Leis nºs 113/2014, de 16 de julho e 63 /2016, de 13 de setembro;
  • Os titulares de um diploma de especialização tecnológica, de um diploma de técnico superior profissional ou de um grau de ensino superior.

Enquadramento Legal da Qualificação
Aviso n.º 10085/2017 de 1 de Setembro de 2017

Qualificação Atribuída
Diploma de Técnico Superior Profissional