A ESAC > Sustentabilidade >

Sustentabilidade

A Escola Superior Agrária de Coimbra (ESAC) está firmemente empenhada em desempenhar um papel central na evolução para uma sociedade sustentável, livre, justa, solidária e tolerante, caracterizada pelo respeito pela natureza e pela pessoa humana, integrando nas suas atividades a Agenda 2030 para atingir os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável e comprometendo-se, nomeadamente, a desenvolver o conjunto de ações abaixo discriminadas.

 

Princípios de ação

1. Compromisso institucional
A ESAC demonstrará, através da sua prática diária, um verdadeiro compromisso com os princípios e a prática do desenvolvimento sustentável, em todas as suas vertentes relevantes – ambiental, social e económica, seguindo uma abordagem integrada.

2. Promoção da ética para a sustentabilidade
A ESAC promoverá a literacia na área da sustentabilidade da sua comunidade académica, e do público em geral, procurando contribuir para a adoção consciente de atitudes socialmente responsáveis, melhores práticas ambientais e padrões de consumo sustentáveis.

3. Oferta de formação para a sustentabilidade
A ESAC compromete-se a incorporar uma perspetiva de sustentabilidade em todo o seu trabalho e a oferecer a todos os seus estudantes e colaboradores, independentemente da sua área de saber, formação e espaços de experimentação e debate que abordem a temática do desenvolvimento sustentável, promovendo, por essa via, práticas para uma cidadania ativa e responsável que vise um desenvolvimento sustentável.

4. Transdisciplinaridade
A ESAC compromete-se a promover a educação e investigação transdisciplinar colaborativa na área do desenvolvimento sustentável, em todas as suas vertentes – ambiental, social e económica, apresentando-se ao serviço da sociedade e do bem comum.

5. Disseminação do conhecimento
A ESAC divulgará, de forma tão ampla quanto possível, todas as suas iniciativas e boas práticas ligadas à área da promoção do desenvolvimento sustentável, tanto interna como externamente, de forma a maximizar o impacto dessas iniciativas pela via da sensibilização de diferentes públicos-alvo, incluindo o mundo empresarial, agências governamentais, agências não governamentais e os media.

6. Redes colaborativas
A ESAC promoverá e apoiará redes interdisciplinares de especialistas na área da sustentabilidade ao nível local, regional, nacional e internacional, com o objetivo de colaborar em projetos de investigação e/ou educativos, promovendo, para tal, a mobilidade de estudantes e colaboradores (docentes e não docentes).

7. Parcerias

A ESAC promoverá o estabelecimento de parcerias com outros setores da sociedade, com o objetivo de planear e implementar estratégias concertadas de intervenções na área do desenvolvimento sustentável.

8. Transferência de tecnologia

A ESAC promoverá a transferência de tecnologia e/ou de métodos de gestão avançados com potenciais impactes na área do desenvolvimento sustentável.

 

Eco-escolas

PoSeur 2016